Felizmente já existe pedido e pré-parecer sobre a elevação a património da Penitenciária de Coimbra, mas…

Confesso temer pela ela elevação somente da estrutura física do edifício, esquecendo que também existe aqui um património funcional associado ao arquitectónico e sem esta capacidade funcional para executar as funções para as quais foi criado, este edifício não faz sentido.

Não sendo fundamentalista as funções deste edifício devem estar sempre ligadas ou á justiça ou até á industria uma vez que este tipo de arquitectura está indelevelmente ligado á revolução industrial.

Por exemplo a sede do Instituto Pedro Nunes e a adaptação relativamente fácil daquele espaço a incubadora de empresas parece-me aceitável.

Embora me pareça que a solução mais correcta seja manter ali uma penitenciária para presos preventivos e de penas reduzidas.

A área da cadeia regional pode ser alienada visando a construção de outra penitenciária de alta segurança.

 

Decretos
* Parecer de 16-05-2007 do Conselho Consultivo do IPPAR é favorável à proposta de classificação como IIP;
 * Despacho de abertura de 29-06-2006 da Vice-Presidente do IPPAR;
* Proposta de 27-06-2006 da DRC

ZEP        
* Parecer de 16-05-2007 do Conselho Consultivo do IPPAR;
Proposta de 27-06-2006 da DRC

Hugo Duarte

* agradecimentos Liliana Azevedo; Geógrafa http://pensamentosgeograficos.blogspot.com/

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s