O colóquio anteriormente publicitado sobre “Reabilitação Urbana” levou-me ás seguintes conclusões:

Reabilitação Urbana de Coimbra

Não há dinheiro público nem privado para recuperar a baixa. Aliás como acontece em Coimbra e em todas as aldeias deste país nunca há dinheiro para nada.

Não há ideias, o próprio nome reabilitação assim o indica, alimenta-se a fantasia de continuarmos a habitar locais onde o sol nunca entrará.

Não há enquadramento nas políticas urbanas locais e nacionais, como comprovam as revisões do PDM permitindo o crescimento anárquico do périurbanismo, ou Lei das Rendas travando qualquer acção quando inquilinos com idade superior a 65 anos.

Não há uma estratégia de reforço da presença de serviços públicos nesta zona bem pelo contrário.

Não há uma ideia inovador para valorização urbana deste espaço, uma delas já foi referida neste blog no artigo “Coimbra e a emergência da pós-modernidade”.

A insegurança apodera-se dia após dia e transformou-se na imagem de marca da Baixa.

Só uma boa ideia trouxe um comerciante da baixa, os parques de estacionamento podem funcionar à noite para os moradores.

Hugo Duarte

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s