A Manuel Alegre

Parágrafo, nunca mais um

virgulas, onde escrevem corrido

Ponto, nunca final

Vogais bem abertas, nos silêncios pastores

Palco, na pateada

De passagem, nos corredores

Esbandalhas jogo partido

 Não te ficas pelo sinal

Jogas-te, por todos e não por um

Trunfas, sempre vermelho Portugal

 

António Madeira, Coimbra, 24 de Julho de 2009

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s